terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Minha História II

Eu chamo essa sequência de fotos de "toque mágico de mãe"


Já citei que quando Vini nasceu, teve que passar 15 dias na UTI, ele era bem grande se comparado aos outros bebês prematuros que também estavam lá, as outras mães me perguntavam porque ele estava lá se ele era tão grande.
Eu não podia pegá-lo no braço, por causa das cirurgias na coluna e cabeça e por causa da fratura no fémur...  era difícil ver e não puder abraçar ele era meu! Eu chorei, mas muitas vezes de alegria por vê-lo bem na minha frente parecia um sonho real me preocupei tanto com tanta antecedência, minha mãe fala que sou chorona mas algumas vezes acho, que sou é  muito forte!
Sobre a fratura e como ela aconteceu acho que nunca vou saber,..., a UTI diz que foi no parto, a obstetra diz que não, pois foi cesária! acho na verdade que foi durante alguma cirurgia ou na UTI, pois Vini tem luxação de quadril bilateral e alguma enfermeira tentou abrir a perna dele, não sei são só hipóteses! Só sei que foi uma fratura completa abaixo da cabeça do fémur, o osso partiu e fez um ângulo de 90 graus, quando ví o raio x quase apaguei, ainda bem que estava no hospital, hehe! Eu tinha uma grande preocupação pois não queria que o osso colasse de qualquer forma só porque os médicos achavam que ele não iria andar, mas a natureza é perfeita, ela vai formando um calo ósseo no lugar da fratura e pronto, poucos meses depois a perna estava perfeita! (isso só acontece com bebês!) Eu estranhei quando Dr Orlando Filho (ortopedista de Vini) disse que não iria fazer cirurgia ou engessar, que apenas mantivesse a perna dele em determinada posição.
O fato de não pode pegar no braço e não amamentar logo que nasceu, percebo que causou uma carência muito grande com relação ao contato físico, ele precisa de alguém ao lado sempre (eu sei que todos os bebês são assim mas Vini exagera!)

Ele hoje é uma criança maravilhosa, não acho que tenha sequelas da fratura, movimenta razoavelmente bem as pernas, tenho esperança de que ele ande muito em breve, mas sinceramente (de verdade), a muito tempo isso deixou de ser minha maior preocupação, hoje para mim o que importa é que ele seja muito feliz e encontre a felicidade no que realmente importa! Ele, Carlinhos e Eduardo, são meu maior tesouro e não os troco por nada!

5 comentários:

The Swinglers disse...

Imagino como deve ter sido dificil não poder pegá-lo no braço de inicio. Vc é uma mulher muito forte Sheila. Te admiro d+! O Senhor só confia seus filhos especiais a mães especiais!

michelle disse...

ME IDENTIFIQUEI MUITO COM TUDO QUE VOCE CONTOU!MUITA COISA PARECIDA COM O Q PASSEI! BJS E UM FORTE ABRAÇO EM TODA ESSA FAMILIA LINDA E VITORIOSA! MICHELLE

Anônimo disse...

que coisa mais lindaaaaaaaaaa eu adorei
meu priminho lindo que eu mais amoooooooooooooooooooooo




juju

Priscila disse...

Até chorei vendo as fotos! Como quero poder ter meu neguinho logo!

Anônimo disse...

Que criança abençoada!!! O vinicius é lindo mesmo!!! Que Deus continue abençoando e derramando graças sobre sua criança!

Ana Tenório

Postar um comentário